Astronomia Amadora – Ciência Cidadã: Uma experiência de educação científica.

A primeira edição do curso Astronomia Amadora – Ciência Cidadã validou um modelo de divulgação e educação científica que aproximou cientistas profissionais, astrônomos amadores, professores da rede municipal de ensino de São José dos Campos e diversas instituições de ensino e pesquisa.

Foram 16h de aulas teóricas e atividades práticas entre os dias 13 e 22 de agosto (2019) nas instalações do Museu Interativo de Ciências de São José dos Campos, ministradas por astrofísicos e especialistas da Divisão de Astrofísica do INPE, do Observatório de Astronomia e Física Espacial da UNIVAP, do Observatório Abrahão de Moraes (IAG/USP) e do Laboratório de Registro de Imagens do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE/DCTA).

O curso teve como principal objetivo desenvolver o conceito de Ciência Cidadã, mostrando como astrônomos amadores conduzem atividades observacionais sistemáticas e prestam valiosas contribuições ao avanço da ciência profissional.

O panorama da astronomia profissional no Brasil, incluindo o status da participação brasileira nos grandes telescópios atuais e na nova geração de telescópios gigantes e radiotelescópios que entrarão em operação na próxima década – como o radiotelescópio BINGO e o GMT (Giant Magellan Telescope) – foi apresentado por astrofísicos envolvidos diretamente nestes projetos.

Durante as atividades práticas, foram observados Júpiter, Saturno, a Lua, estrelas duplas e aglomerados estelares. Utilizando o telescópio robótico Argus do Observatório Abrahão de Moraes, foram observados outros objetos de céu profundo, como Galáxias, nebulosas e aglomerados estelares. Técnicas de processamento de imagens e redução de dados para astronomia foram apresentadas e demonstradas.

Diagrama Cor-Magnitude (CMD) do aglomerado aberto NGC 4755 computado a partir das imagens capturadas no filtros B e V em aula prática do curso.

Ainda como atividades práticas, foram determinadas a massa e o diâmetro de Júpiter, a partir de dados observacionais.

O curso atingiu seu objetivo, encontrando ao seu final uma turma motivada a se engajar em atividades sistemáticas de observação e se aprofundar nas diversas áreas em que astrônomos amadores tem tido decisiva participação em descobertas e avanços da ciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *